written by
Aela.io

Como o UX Design Agrega Valor ao Negócio? 4 Pilares Essenciais

8 min read

O UX Design não é apenas mais um departamento isolado dentro das empresas. Ele é responsável por trazer valor e aumentar os indicadores e a performance das organizações. Neste artigo, traremos os Insights do relatório The Business Value of Design, da McKinsey, e discutiremos como o Designer pode trazer mais valor para as empresas!

As empresas estão cada dia mais preocupadas com sua eficiência e performance, em comparação com seus concorrentes.

Dessa forma, todas as áreas de uma empresa precisam ter as melhores práticas e ajudar a companhia a alcançar os melhores resultados.

Mas, então, você vai pensar: ora, eu sou somente um UX Designer, como posso trazer esse tipo de valor para a empresa?

Acontece que o UX Design é uma área vital para as empresas. E ela traz consigo diversos processos e conceitos que agregam muito valor para as empresas.

Neste artigo, exploraremos os insights do The Business Value of Design. Este é um estudo feito pela Mckinsey e mostra 4 pilares essenciais para o UX Design entregar mais valor para a companhia!

Que tal? Vamos lá?

Você sabe quais as áreas de atuação dentro do UX Design? Confira!

1) UX Design É Mais do que Feeling: é Liderança Analítica

O primeiro pilar de valor do UX Design é a questão do perfil analítico a frente do perfil superficial.

Gráfico demonstrando as fraquezas em UX Design das empresas principalmente em liderança analitica
17% dos entrevistados indicam que há dificuldade em empregar métricas de Design

Muitas empresas ainda não dão o devido foco e importância para o UX Design em seus projetos. Dessa forma, as tomadas de decisão sobre UX Design acabam sendo baseadas em sentimentos e "achismos". Mas deveriam ser calcadas em pesquisas e testes.

Ora, se qualquer outra área da empresa deve tomar decisões baseada em fatos e dados, por que deveria ser diferente com UX Design?

A pesquisa mostra que as empresas que tratam suas áreas de Design com critérios semelhantes aos das áreas financeiras, possuem mais sucesso em seus resultados e performance.

Portanto, para melhorar os resultados da empresa, o UX Designer deve pensar nas seguintes questões:

  • Perfil Analítico: mostrar o quão importante é basear-se em métodos de pesquisa e em ferramentas analíticas para tomar decisões. Afinal, UX Design não gira em torno de gostos pessoais;
  • Evangelização do UX Design: mostrar para todos os stakeholders como os processos de UX trazem resultados importantes para o negócio;
  • O usuário no centro de tudo: 40% das empresas não conversam com os usuários finais ao longo do desenvolvimento de seus projetos. É essencial trazer a questão do Design Centrado no Usuário para dentro da empresa. Dessa forma, as decisões conseguem ser mais objetivas e assertivas.
Gráfico mostrando que 40% das empresas entrevistadas não fala com os usuários finais durante o desenvolvimento de seus produtos
40% das empresas não conversam com o usuário durante o desenvolvimento

2) UX Design É Mais do que Produto: É Experiência do Usuário

O segundo pilar de valor pode parecer bastante óbvio para nós UX Designers. Mas para as empresas essa é uma questão ainda muito difícil de entender: a experiência do usuário.

Segundo a pesquisa, 50% das empresas entrevistadas disseram que realizam pesquisas e testes com o usuário antes de começar seus projetos.

Ou seja, metade das organizações parece não entender como a experiência do usuário é essencial para seu sucesso.

Portanto, é preciso colocar na mesa tudo sobre experiência do usuário e mostrar que isso é a essência do UX Design. E o mais importante, que isso é que fara a empresa se destacar com produtos e serviços que realmente diferenciam da concorrência atendendo as verdadeiras necessidades dos seus usuários.

Somente dessa forma, você irá conseguir agregar valor para os projetos e trazer mais resultados para os negócios da empresa.

Gráfico demonstrando as fraquezas do UX Design nas empresas, principalmente em UX
9% dos entrevistados diz ter dificuldade em integrar produtos e serviços de terceiros com os seus

Além de trabalhar com pesquisas e testes, é importante que você construa a Jornada do Usuário. Essa ferramenta é bastante importante para entender o comportamento do usuário e como ele interage com o produto.

Assim, enquanto designer, você pode agregar valor às empresas com os conhecimentos aprofundados sobre UX Design. Sempre lembrando de levar em consideração a Jornada do Usuário.

Você sabe quais são os benefícios da Jornada do Usuário?

3) UX Design É Mais do que um Departamento: É um Talento Multifuncional

O terceiro pilar de valor diz respeito ao olhar multidisciplinar em cima do UX Design.

O estereótipo do designer isolado, fazendo somente o seu trabalho sem colaborar com outras áreas, está começando a mudar.

O ideal é que a área de UX Design esteja em constante contato e alinhamento com as demais áreas. Esse alinhamento é essencial para deixar claro os objetivos da empresa, bem como suas metas e perspectivas.

Dessa forma, para agregar valor à empresa, está cada vez mais comum o conceito de profissional T.

Gráfico demonstrando as fraquezas em UX Design principalmente em talentos multifuncionais
9% respondeu que existe dificuldade em convocar times multifuncionais

O profissional T é aquele que possui sua especialização, mas consegue navegar por entre as outras áreas da empresa como: Marketing, Finanças e Comunicação, por exemplo.

Para UX Design, é importante o conceito de profissional T porque aumenta a capacidade de colaboração, melhorando as relações e o entendimento sobre o negócio.

Para as empresas, é essencial possuir um profissional que entenda, mesmo que não a fundo, as diversas áreas de uma empresa.

Dessa forma, o profissional de UX Design com perfil T consegue alinhar sua habilidade com os objetivos da empresa, trazendo mais assertividade para o negócio.

UX Design: Quais as possibilidades de atuação? Neste artigo listamos algumas especialidades para você entender quais os caminhos existentes e quais se encaixam melhor com você. Confira!

4) UX Design É Mais do que uma Etapa: É uma Iteração Contínua

O quarto pilar de valor diz bastante respeito aos processos de UX Design relacionados às melhorias contínuas dos produtos e serviços.

Gráfico demonstrando as fraquezas do UX Design nas empresas, principalmente nos processos de iteração
8% das empresas entrevistadas diz que há dificuldade em equilibrar pesquisas qualitativas e quantitativas

Muitas empresas se preocupam bastante na parte inicial do desenvolvimento de seus produtos. Mas se esquecem de manter processos de iteração para conseguirem melhorar e aperfeiçoá-los.

Essa ideia se baseia no conceito de lançar um produto perfeito. Por isso, investe-se muito tempo e muito dinheiro, sem ao menos testar protótipos com os usuários finais.

A pesquisa da Mckinsey mostra que 60% das empresas utilizam os protótipos de seus produtos apenas dentro da empresa. Portanto, não se preocupam em testar com os usuários para entender se estão no caminho certo ou não.

Gráfico demonstrando que 60% das empresas usam protótipos somente internamente
60% das empresas admitem não usar protótipos de seus produtos com os usuários finais

Dessa forma, o Designer precisa entender e mostrar que procurar a perfeição do produto ainda no desenvolvimento inicial é desnecessário, e na verdade um desperdício de tempo e dinheiro com retrabalhos.

Mais importante é estabelecer testes e pesquisas com os usuários finais e lançar um MVP (Minimum Viable Product).

Assim, após o lançamento inicial, é importante continuar testando e pesquisando sobre a interação dos usuários. Captando, então, informações para continuar melhorando e atualizando seu produto.

Portanto, pensar em processos iterativos é essencial para a empresa, porque ela reduzirá seu tempo de desenvolvimento inicial e, ao longo do tempo poderá agregando valor para o consumidor com um produto mais assertivo.

Você sabe a importância da criação de Persona para seus projetos de UX Design?

O Primeiro Passo Mais Importante

Apesar de muitas empresas aplicarem alguns dos pilares acima, poucas são aquelas que conseguem harmonizar todos os 4 e alavancar seus resultados.

O papel do UX Designer, portanto, é estar atento à todos esses pilares de valor e conseguir levá-los aos processos da empresa.

É claro que essa implementação dificilmente acontecerá tão rápido. Mas pouco a pouco, os resultados começarão a aparecer e a empresa entenderá cada vez mais como a área de UX Design é essencial em seus resultados.

A pesquisa da Mckinsey revelou um pensamento importante para quem quiser começar a implementar esses 4 pilares.

A empresa, junto com o UX Design, devem pensar em um produto/serviço novo e se comprometer a desenvolvê-lo através dos 4 pilares acima. Dessa forma, o pensamento e os processos começarão a serem vistos como parte da empresa e não somente como algo isolado.

Por que o UX Design É Importante no Business?

Em um mercado de UX Design crescente, as empresas estão cada vez mais entendendo a importância do UX em seus processos e em seus resultados.

Como visto neste artigo, o UX Design traz bastante valor para os negócios e para os produtos de uma empresa. Dentre os diversos impactos positivos, podemos citar:

  • Maior eficiência nos processos e melhoria na qualidade dos produtos;
  • Aumento na receita;
  • Processos aprimorados de inovação;
  • Fidelização do consumidor, uma vez que o usuário é o foco do UX.
Gráfico demonstrando a diferença das receitas entre empresas com harmonização entre os 4 pilares e a média do mercado
As empresas que conseguem harmonizar os 4 pilares de valor possuem receitas acima da média de mercado
Gráfico comparando o valor do retorno para os investidores. Empresas com bom UX Design possuem um índice acima da média
As empresas que harmonizam os pilares de valor (Top Quartile) possuem maior retorno para os investidores

Do outro lado, é importante que o UX Designer também se adapte ao ambiente corporativo. Por isso, além das habilidades técnicas essenciais, é bastante relevante aprimorar as habilidades comportamentais — Soft Skills — como:

  • Comunicação;
  • Trabalho em equipe;
  • Liderança;
  • Empatia.
Que tal aprender sobre as Soft Skills essenciais para o UX Designer?

Quem é a Mckinsey e Como Foi Conduzida Essa Pesquisa?

A Mckinsey é uma empresa que presta consultoria empresarial e é bastante reconhecida no mercado.

Além de prestar serviços de consultoria, a Mckinsey realiza diversos estudos de diversos mercados, tendências e setores.

Um desses estudos foi o The Business Valeu of Design, que serviu como base para o conteúdo deste artigo.

Esse estudo acompanhou as práticas de 300 empresas em um período de 5 anos.

Além disso, foram feitas correlações entre as práticas em UX Design com as performances financeiras, a fim de identificar quais ações são mais valiosas e que precisam receber atenção.


Gostou do artigo? Deixa um comentário! O feedback de vocês é muito importante para continuarmos criando conteúdos relevantes.

Se você quiser encontrar mais artigos como esse, acesse nosso Blog! Lá, você tem diversos temas relacionados a UX Design. Desde ferramentas e conceitos até dicas para migrar de carreira! Fique ligado para não perder nenhum aprendizado!

Ficou com alguma dúvida? Manda uma mensagem!