written by
Aela.io

O que Esperar do Design de Interface?

uxdesign 9 min read

Todos anseiam por saber como será o futuro. O que esperar do amanhã? Quais desafios estão por vir? Algumas incertezas também rondam os que trabalham com Design de Interface: "haverá oportunidades? Como será o mercado daqui 10 anos? Vou estar desatualizado?" Se você quer saber quais as tendências para o futuro do Design de Interface e como se preparar para ele, continue conosco nesse artigo!

Photographer: mahdis mousavi | Source: Unsplash

As mudanças que ocorrem em áreas de tecnologia são muito rápidas. Em poucos anos podem surgir inovações que mudarão completamente o mercado, empresas e profissões. Foi o que aconteceu quando surgiram as câmeras digitais dando um fim a era dos rolos de filme e que, por sua vez, foram substituídas pelos smartphones.

Tendo em mente essa volatilidade, o que os profissionais de Design de Interface podem esperar do futuro? Confira a seguir!

O crescimento do UX Design é exponencial! Entenda porque esse mercado só cresce!

Crescimento Acima da Média

A AIGA promoveu um estudo e analisou alguns dados fornecidos pelo U.S. Bureau of Labor Statistics. O relatório contém dados de áreas de Design como um todo, desde Design Gráfico até Web Design.

A projeção do estudo é de 10 anos (2016-2026) e mostra claramente as diferenças drásticas entre o mercado Gráfico e o de Interfaces

Relatório do US Bureau Of Labor Statistics Projections for Employment
O relatório mostra a queda no mercado Gráfico

De acordo com as projeções do estudo, as áreas de Design relacionada a Edição Gráfica crescerão abaixo da média total (7%):

  • Design Gráfico tem um aumento de 4%;
  • Diretor de Arte tem um aumento de 5%.

No entanto, as áreas de Web Design e de Software Design tem crescimento bastante acima da média:

  • Web Design cresce 15%: um aumento de mais de 24.ooo posições de trabalho;
  • Software Design cresce 24%: um aumento de mais de 300.000 posições de trabalho.
Confira na íntegra os números do estudo feito pela AIGA

Mudanças no Pensamento

Gráfico sobre os campos de entrada no Design de Interface
Antigamente a entrada no mercado era somente pela área industrial

A área de Design, durante o último século, era vista como uma área de pensamento industrial. O Design era focado somente nos produtos e o desenvolvimento deveria terminar quando atingissem o "produto perfeito".

Dessa forma, os cursos superiores focavam nesse pensamento industrial quando montavam sua grade curricular para os alunos. Consequentemente, os métodos mais comuns para os Designers entrarem no mercado de trabalho era por meio da área industrial.

Contudo, com o rápido avanço da tecnologia e com um mercado mais voltado para serviços do que para produtos, a área de Design teve que se adaptar para uma visão mais centrada no usuário. Deixando de lado o conceito de "produto perfeito"e trocando para "está bom por agora" (MVP - minimum viable product), o mercado de Design entendeu que era importante lançar seus produtos e receber os feedbacks de seus usuários para conseguir implementar novas versões e melhorias que atendessem as necessidades dos clientes.

Começou, dessa forma, uma nova era para o Design. Trocando a visão industrial para uma visão de Design Centrado no Usuário.

Entenda porque é importante ter processos de Design Centrado no Usuário!

Mudanças no Aprendizado

Designer sketching Wireframes
Photographer: Green Chameleon | Source: Unsplash

Um dos grandes desafios do Design, devido as mudanças de pensamento e visão, é adaptar as grades curriculares dos cursos das faculdades.

A preocupação das escolas deve estar voltada para expandir o conhecimento prático e de curto prazo para os alunos. Dessa forma, eles estarão aptos para entrar rapidamente no mercado de trabalho. Ou seja, é importante aprimorar os alunos com capacitação em softwares e programas de prototipagem, por exemplo.

Contudo, deve ainda haver o equilíbrio dos conhecimentos práticos e de curto prazo, com os conhecimentos teóricos e fundamentais. Ou seja, apesar da importância de conhecimentos práticos para a entrada no mercado de trabalho, os alunos também precisam de base e fundamentos teóricos para se tornarem profissionais completos.

Enquanto os métodos de ensino formais e seus currículos não se adaptam, é necessário, mais do que nunca, que os Designers interessados procurem cursos e novas tendências para manterem-se atualizados e poderem ter melhores chances no mercado de trabalho.

Mas, então, quais são essas tendências para o Design de Interface?

O Futuro do Design de Interface - 6 Tendências

Jakob Nielsen, um dos fundadores da Nielsen Norman Group (NN/g), compartilhou um pouco a sua visão sobre algumas tendências do curto e longo prazo para o UX/UI.

1-Produtividade Intelectual

A tecnologia, juntamente com UX/UI Design, tem que ajudar as pessoas garantindo mais tempo para produtividade intelectual. Ou seja, a maneira com que nós interagimos com os produtos tem que facilitar as nossas tomadas de decisão. Dessa forma podemos investir melhor o nosso tempo ao invés de perdê-lo com interações ruins.

2-Empoderar Mais Pessoas

Uma das tendências do Design de Interface é desenvolver melhores interações dos produtos para com os usuários. Tomando como exemplo o caso dos computadores: poucas pessoas sabem utilizar os computadores de maneira avançada. Por isso, que um dos papéis do Design e uma de suas tendências é facilitar a utilização dos produtos, para permitir que mais pessoas saibam utilizar a fundo todas as funcionalidades de um produto/ software.

what’s going on here
Photographer: John Schnobrich | Source: Unsplash

3-Melhores Interfaces para a Melhor Idade

Nós seremos uma geração de idosos que interagiu com tecnologia a maior parte de nossas vidas. Portanto, é necessário que os Product Designers pensem em melhores interações para pessoas de mais idade. Entender quais as necessidades e as dificuldades dessa faixa etária que impedem que tenham melhores experiências com os produtos.

4-Ambientes Interativos

A tendência é que sejam mais comuns os ambientes controlados por voz e gestos. Com certeza, esse é um desafio muito grande para o Design de Interfaces. Trazer boas experiências de usuário em um ambiente onde ele pode interagir com tudo e de diversas maneiras.

Imagem ilustrativa sobre Design de Interface

5-Segurança

Por conta de diversos escândalos sobre vazamento de informações de diversos aplicativos e softwares, uma forte tendência relacionada à UX/UI Design é a proteção e a segurança dos dados dos usuários.

Quando usamos a palavra segurança, não é somente no que tange as senhas e novas maneiras de bloquear os aplicativos e produtos. Mas sim, rever a segurança dentro de um ambiente interativo e entender como essa questão pode ser melhorada.

6-Inteligência Artificial

Melhorias no que tange as atuais Inteligências Artificiais são uma grande tendência para o Design de Interface.

As IAs precisam, em algum momento no futuro, trabalhar mais com o conceito de Design Centrado no Usuário. Como é um conceito novo, as IAs ainda apresentam o conceito de Design centrado na Tecnologia. O que precisamos pensar é em como melhorar a interação dessa nova tecnologia, tornando melhor a experiência do usuário.

Caso queira conferir o video dessa palestra, acesse o link abaixo:

Confira os depoimentos dos nossos alunos sobre como foram contratados em UX Design!

Oportunidades Nacionais e Internacionais

Photographer: LinkedIn Sales Navigator | Source: Unsplash

O mercado de Design de Interface — UX/UI como um todo, na verdade — é mais maduro fora do Brasil. Entretanto, no Brasil, principalmente em São Paulo, já encontramos uma grande concentração de empresas que possuem times de UX Designers e estão se preocupando de maneira a aplicar em sua estratégia e produtos os conceitos de user experience e usabilidade.

O mercado de UX é ainda maior e mais vasto fora do Brasil, em países como Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, etc. Segundo o 2019 Product Design Hiring Report da InVision, 70% dos gerentes aumentaram as suas equipes de Design nos últimos 2 anos. A perspectiva é que para o próximo ano, headcount aumente ainda 21%.

Dados esses números — e mais outro insights incríveis do relatório — podemos dizer que a perspectiva para o mercado de Product Design é super favorável. Se você tem planos para se internacionalizar, a hora é agora!

E a grande vantagem é que as demandas nesses países estão tão altas que as empresas estão contratando profissionais do mundo todo, inclusive brasileiros!

Alguns de nossos alunos do MID são prova de que é possível sim trabalhar com UX fora do Brasil, e você não precisa ser Sênior para conseguir isso! Confere as entrevistas com com alguns alunos nossos que internacionalizaram:

Contudo, tendo em vista todas as tendências do mercado – citadas acima — é muito importante que os profissionais procurem cursos e demais formas de aprendizado para que seus currículos estejam competitivos. Outra dica é utilizar o LinkedIn e manter um portfólio atualizado e interessante para que você consiga essas oportunidades em UX Design.

Quer se internacionalizar, mas não sabe por onde começar? Confira essas 7 dicas imperdíveis para te ajudar!

Mas e no Brasil?

O mercado brasileiro de Product Design é menos maduro se comparado com a Europa ou EUA, por exemplo. Contudo, não podemos ignorar o fato de que existem muitas vagas e muitas empresas procurando profissionais da área no Brasil também.

Com uma pesquisa despretenciosa no LinkedIn podemos encontrar rapidamente mais de 600 vagas descritas como UX Design em todo o Brasil.

Pesquisa de vagas em UX no LinkedIn

Diversos alunos do nosso Bootcamp MID encontraram oportunidades para trabalhar com Design de Interface e UX Design em empresas brasileiras:

Inclusive o Diogo Alvarez, recebeu em 1 mês 17 ofertas de trabalho no LinkedIn na área de UX Design, sem ao menos estar procurando! Confira o depoimento dele no nosso Instagram!

A dica se mantém a mesma: é necessário estar sempre ligado em cursos e em novos aprendizados para que o seu currículo esteja sempre atualizado e alinhado com as tendências do mercado.

Acesse nosso canal no Youtube e confira as entrevistas com alunos que migraram para UX Design!

Você deseja migrar para UX/UI Design?

Durante a semana do dia 05 a 15/09 acontecerá o Workshop Online e Gratuito "Migrando para Product Design (UX/UI)". Participe e descubra os passos necessários para decolar sua carreira e conheça as diversas oportunidades no mercado nacional e internacional. Inscreva-se aqui: http://go.aela.io/workshopuxui

Para manter você sempre atualizado, nós da Aela estamos criando constantemente conteúdos incríveis! Você pode nos acompanhar pelo Blog, Youtube e Podcast. Mas o importante é continuar ligado para não perder nenhum aprendizado!

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato e ficaremos felizes em te ajudar!

UX Design